Editorial Planeta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Editorial Planeta
Razão social Planeta Manuscrito Unipessoal, Lda.
Privada
Fundação 1949 (69 anos)
Sede Barcelona, Flag of Spain.svg Espanha
Produtos Livros
Website oficial www.planeta.pt

A Editorial Planeta é uma editora de livros fundada em Barcelona em 1949. Faz parte do Grupo Planeta, um dos maiores grupos editoriais do mundo, e já publicou ao redor de seis mil títulos pertencentes a mais de 1500 escritores, a maioria deles autores em língua espanhola.

A cada ano, a empresa outorga o Prémio Planeta[1], o Prêmio de Novela Fernando Lara, o Prêmio Azorín, o Premi de les Lletres Catalanes Ramon Llull e o Premi Série Negra.

A Editorial Planeta publica enciclopédias em quase toda a América Latina, e é a responsável pela publicação da Enciclopédia Barsa no Brasil desde 2000. No Brasil, o Grupo Planeta possui filiais em São Paulo, Curitiba, Goiânia, Florianópolis e Belo Horizonte, entre outras cidades. No primeiro semestre de 2007 esteve envolvida com a polêmica em torno da publicação de uma biografia não-autorizada do cantor e compositor Roberto Carlos.

Em Portugal, a Editorial Planeta foi fundada em fevereiro de 2009, marcando assim o regresso a Portugal do Grupo Planeta, depois de ter vendido em 2007 a chancela Publicações Dom Quixote ao Grupo LeYa.[2]

Referências

  1. Grande Enciclopédia Universal. Prémio Planeta. 16 Correio da Manhã ed. Lisboa: DURCLUB, S.A. p. 10722. ISBN 972-747-928-6 
  2. João Céu e Silva (28 de janeiro de 2009). «Editora Planeta regressa ao mercado português». Diário de Notícias. Consultado em 23 de setembro de 2013 

Ver também

Ligações externas