Portal:Conteúdo destacado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The featured content star

Conteúdo destacado na Wikipédia

Conteúdo destacado representa o melhor que a Wikipédia tem a oferecer. Esta página faz ligações com todos os conteúdos destacados da Wikipédia e apresenta um exemplo de cada tipo de conteúdo selecionado aleatoriamente.

Conteúdo destacado aleatório

Para ver abaixo outra seleção aleatória de conteúdos destacados, clique aqui.

Escolha dos conteúdos destacados

Você pode participar do processo de seleção dos destaques em:

Conteúdo destacado:

Conteúdo bom:

Revalidação:

Artigo destacado aleatório

Bandeira Águas de São Pedro.png

Águas de São Pedro é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo. Pertence à microrregião e Mesorregião de Piracicaba, localiza-se a noroeste da capital do estado, distando desta cerca de 187 km. Ocupa uma área de 3,64 km², sendo o menor município paulista e o segundo menor município brasileiro em extensão territorial, sendo maior apenas que Santa Cruz de Minas (MG). Em 2010, sua população foi contada pelo IBGE em 2 703 habitantes, sendo então o 593º mais populoso de São Paulo e o último de sua microrregião.

A sede tem uma temperatura média anual de 22,4°C e na vegetação do município predomina atualmente a mata atlântica. Em relação à frota automobilística, em 2009 foram contabilizados 1485 veículos. Sendo composto apenas por perímetro urbano, não possuindo zona rural, o município contava com quatro estabelecimentos de saúde em 2009. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,908, sendo o segundo melhor de São Paulo, como também o segundo melhor do Brasil, sendo superado em ambos por São Caetano do Sul, no mesmo estado.

(leia mais...)

Lista destacada aleatória

As regiões hidrográficas do Brasil são as divisões hidrográficas do país definidas segundo o Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH). Até 2003, dividia-se o território brasileiro em sete regiões hidrográficas, mas com a Resolução nº 32, de 15 de outubro daquele ano, o Brasil passou a ser dividido em doze regiões. Diferentemente das bacias hidrográficas, que podem ultrapassar as fronteiras nacionais, as regiões hidrográficas, como são estabelecidas por legislação nacional, estão restritas ao espaço territorial das vinte e sete unidades federativas brasileiras. Para além das cinco regiões determinadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e das três regiões geoeconômicas, elas são mais uma maneira de gerenciamento e planejamento do Brasil só que, nesse caso, com foco nos recursos hídricos e baseando-se nas bacias hidrográficas. O Brasil é dotado de uma vasta e densa rede hidrográfica, sendo que vários de seus rios destacam-se pela extensão, largura e profundidade. Em decorrência da natureza do relevo, destacam-se os rios de planalto que apresentam em seu leito rupturas de declive e vales, entre outros aspectos, que lhes conferem um grande potencial para a geração de energia elétrica. Quanto à navegabilidade, esses rios, dado o seu perfil irregular, ficam um tanto prejudicados. Assim, faz-se necessária uma política de gestão hídrica nacional. A maior das regiões é a Amazônica; com 3 800 000 km² e distribuída por sete estados brasileiros, ela contém a maior bacia hidrográfica do mundo (a do rio Amazonas) e o maior rio do mundo (o rio Amazonas, que possui 6 992 km de extensão, superando o rio Nilo, que tem 6 852 km).

Imagem destacada aleatória

Conteúdo recentemente destacado

Artigos Imagens Listas Portais